Mostra de Arte Popular Portuguesa

Aproveitando o lançamento do projeto “Arte Popular de Ana a Zé”, a Casa do Vinhal junta-se à galeria Cruzes Canhoto para organizar uma mostra de arte popular portuguesa, a inaugurar no próximo domingo. Do figurado de Barcelos à loiça de Estremoz, das máscaras de Trás os Montes ao barro negro de Bisalhães, nesta mostra será possível ver um conjunto de obras que marcam a arte popular portuguesa na atualidade. A exposição estará patente até ao dia 3 de setembro.

Projeto “Arte Popular de Ana a Zé”

A Casa do Vinhal apresenta o projeto em que tem trabalhado nos últimos tempos, denominado “Arte Popular de Ana a Zé”.  Este projeto dedica-se à pesquisa, à documentação e à divulgação das artes populares portuguesas, procurando resgatá-las da marginalidade a que têm sido votadas nos últimos anos. Através de um conjunto de entrevistas a artistas, realizadas de norte a sul do país, procurar-se-á perceber quem são os artistas populares de hoje, o que os influencia e inspira; onde, quando e em que condições trabalham; e como percecionam a sua obra e a de seus pares. Paralelamente às entrevistas, será realizado um registo visual, capaz de permitir o acesso ao curioso universo destes artistas singulares.

Pode aceder ao projeto em: http://www.artepopularportuguesa.org/

Residências Artísticas na Casa do Vinhal

A Casa do Vinhal irá acolher um conjunto de residências artísticas durante a primavera e o verão de 2017, destinado a artistas e investigadores da área das artes. As residências irão ocorrer no espaço sede da Casa do Vinhal e conjugam, no mesmo lugar, espaços de habitação e trabalho. Pretende-se proporcionar uma atmosfera tranquila, propícia à criação, ao mesmo que tempo que se procura incentivar o convívio e a troca de ideias entre os residentes.